Fundo Local Vasco de Carvalho

» Apresentação
» Bibliografia
» Cronologia
» Exposição virtual
» Textos


Dados biográficos de Vasco de Carvalho


1888
Vasco César de Carvalho nasce na freguesia de S. Julião do Calendário, concelho de Vila Nova de Famalicão, a 11 de junho, numa casa da Rua da Estação.

Filho do famalicense Lino Gomes da Costa Carvalho e de Francisca Angélica Correia de Carvalho, natural do Rio de Janeiro.

Foi batizado na igreja paroquial de Calendário, sendo seus padrinhos a avó materna Maria Rosa Carvalho dos Santos e José Joaquim d´Oliveira Sampaio, cunhado do escritor Ramalho Ortigão e pai do Engº Vasco Ortigão Sampaio, fundador com Narciso Ferreira, da empresa Sampaio, Ferreira & Cª.


1895
Instalação em V. N. de Famalicão da fábrica “A Boa Reguladora”, sócio fundador Lino Gomes da Costa Carvalho, pai de Vasco de Carvalho.
1
Lino Gomes da Costa Carvalho : fotografia de 1908.
In : 100 anos Reguladora : 1892-1992 / Miguel Dias Costa. – [V.N. Famalicão : Reguladora, ca. 1992]. – p. 41.
BMCCB/FL/AF 67 COS



1898
Vasco de Carvalho faz o exame do Ensino Primário, em Braga, e de seguida frequenta o “Curso António Dias Costa”.


1903
Vasco de Carvalho frequenta o Instituto Conde de S.Cosme do Vale.
4
Professor e alumnos do Instituto Conde de S. Cosme do Valle. – Fotografia de grupo com Vasco de Carvalho aos 15 anos.
In : Homenagem ao Benemerito Conde S. Cosme do Valle. – Numero unico (19 Abril 1903), p. 5.
BMCCB/FL VC 808



1904
Vasco de Carvalho faz parte da Tuna da “A Boa Reguladora”, dirigida por Daniel Correia, toca bandolim.
5
[Fotografia da Tuna da Boa Reguladora]. – [1904?].
In : 100 anos Reguladora : 1892-1992 / Miguel Dias Costa. – [V.N. Famalicão : Reguladora, ca. 1992]. – p. 57.
BMCCB/FL/AF 67 COS


1908
Vasco de Carvalho inicia a sua vida profissional na fábrica de relógios “A Boa Reguladora” como encarregado da secção de moagem, tendo passado, ao longo dos anos, por todas as secções: trocador de dinheiros, auxiliar de escrita, serviço de contas, encargo da correspondência, chefe de secção de marcenaria, metalúrgica, montagem, envernização, regulamento, embalagens e despachos, facturas, etc. Foi administrador da empresa e sócio gerente.
9
[Fotografia de Vasco de Carvalho na sala de trabalho da empresa A Boa Reguladora]. – [anterior 1910].
In : 100 anos Reguladora : 1892-1992 / Miguel Dias Costa. – [V.N. Famalicão : Reguladora, ca. 1992]. – p. 79.
BMCCB/FL/AF 67 COS



1910
Vasco de Carvalho escreve, nesta década, alguns textos e poemas, que guarda num pequeno caderno, com o título “Coisas de rapazes e coisas sérias : banalidades” e no álbum “Coisas Passadas : Bons tempos”.
10
A minha Mãe... [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 1910 . – f. [3]. - Poema inédito.
In : Coisas de rapazes e coisas sérias [Manuscrito] : banalidades / Vasco de Carvalho. – [1953].
BMCCB/FL VC 9104

11
Soneto “Nós” [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 1910. – 20 x 16 cm. - Poema inédito. - Poema colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. - f. [24].
BMCCB/FL VC 4511

12
Soneto “A Mim!” [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 1910. – 21 x 15 cm. - Poema inédito. – Poema colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. - f. [24].
BMCCB/FL VC 4510



1915
Vasco de Carvalho casa, a 5 de julho, com a sua prima Maria Bertila Garcia de Carvalho, filha de José Gomes da Costa Carvalho, sócio da “A Boa Reguladora”, e de Carolina Arminda Pereira Garcia, na Igreja Paroquial de Calendário.
14
Casamento / Estrela do Minho. – 15 Julho 1915. - 1 recorte de imprensa ; 10 x 6 cm. – Recorte colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. – f. [5].
BMCCB/FL VC 4415

15
Maria Bertila Garcia de Carvalho e Vasco Cesar de Carvalho participam o seu casamento e oferecem a sua casa em Lourêdo, Calendário-Famalicão [Material gráfico]. – [S.l : s.n., Julho de 1915]. – 1 cartão dobrado ; 18 x 25 cm. - Cartão colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. – f. [6].
BMCCB/FL VC 4430

16
Casa de Habitação do Ex.mo Snr. Vasco Cesar de Carvalho a construir em V.N. de Famalicão [Material gráfico] : alçado lateral. – Cópia 23 de Agosto 1954. - 1 planta ; 50 x 95 cm.
No verso da planta data manuscrita por V.C.
BMCCB/FL VC 2873



1916
Nasce a filha do casal Vasco de Carvalho e de Maria Bertila, a 26 de julho, Maria Francisca.
17
Primeiro filho / Estrela do Minho. – [post. 26 Julho 1916]. - 1 recorte de imprensa ; 7 x 6 cm. – Recorte colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. - f. [5 v.].
BMCCB/FL VC 4419

18
Mamã [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – [post. 1915]. – 19 x 15 cm. - Poema inédito. - Poema dactilografado colado no álbum. – Nota manuscrita : “Brincadeira enviada a M.B. e para a Vila Carolina. por Vasco”.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. - f. [22].
BMCCB/FL VC 4503



1917
Vasco de Carvalho inicia funções como gerente comercial da “A Boa Reguladora”.


1919
Vasco de Carvalho funda a empresa Carvalho, Moreira & Cª Lda., denominada A Sociedade Comercial, compra, vende e exporta madeiras, mais tarde transformada em fábrica de serragens e outros.


1920
Vasco de Carvalho funda a fábrica de cobertores “Lanifícia do Outeiro, Lda.”


1921
Vasco de Carvalho funda a Fábrica de Linhagens de Famalicão, Lda.


1929
Vasco de Carvalho faz uma viagem a Sevilha.


1934
Vasco de Carvalho faz uma viagem ao Alentejo e Algarve.
34
[Postal], 1934 Fevereiro 21, Porto [a] Vasco de Carvalho e Maria Bertila Carvalho / Maria Francisca [Carvalho]. – 14 x 10 cm. – Postal colado no álbum. - Postal dirigido a seus pais quando se encontravam em viagem pelo Sul do país.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho . – [1901-1940] . – f. [28 v.].
BMCCB/FL VC 4533



1935
Reuniu-se a família Garcia de Carvalho, em Maio, para homenagear a D. Carolina Garcia de Carvalho, viúva de José Gomes da Costa, sogra de Vasco de Carvalho.
36
De Famalicão : tocante reunião familiar / Comércio do Porto. – 8 Maio 1935. – 1 recorte de imprensa ; 26 x 13 cm. – Recorte colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. – f. [29 v.].
BMCCB/FL VC 4541


Vasco de Carvalho escreve o poema “O Gatinho” para o afilhado Vasco Guimarães recitar.
37
O Gatinho [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 16 Janeiro 1935. – 1 f. ; 14 x 21 cm. - Poema inédito. – Poema dactilografado colado no caderno.
In : Coisas de rapazes e coisas sérias [Manuscrito] : banalidades / Vasco de Carvalho. – [1953]. – f. [16 v.].
BMCCB/FL VC 9104



1942
V.C. recebe, por herança, a Fábrica de Malhas Carvalhos Castro & Cª Ldª.


1949
V.C. realiza uma viagem a Sevilha, Madrid, e outras localidades (abril e maio), e à região da Galiza (outubro), repete a viagem no ano seguinte, e reincide em 1958 na Galiza.


1950
V.C. faz uma viagem a Roma, durante o Ano Santo, tendo visitado outras cidades na Itália, assim como em França e Suiça. (agosto e setembro).
79
Na Praça de S. Marcos Veneza. – 3 Setembro 1950. – 1 fotografia : p.&b. ; 14 x 9 cm. - Fotografia colada no álbum. – Vasco de Carvalho na praça.
In : Viagem a Roma [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Maio de 1953. – f. [3].
BMCCB/FL VC 7595



1958
Vasco de Carvalho foi homenageado, juntamente com o seu sócio António Augusto Carvalho, pelo pessoal da fábrica A Boa Reguladora, a 14 de junho. Usou a palavra o Engº José Rodrigo de Carvalho, deputado e acionista da empresa.
106
Homenagem do pessoal da Fábrica Nacional de Relógios Reguladora... Vasco César de Carvalho e António Augusto do N. Carvalho [Material gráfico] : 14 de Junho de 1958. – Famalicão : Centro Gráfico, 1958. – 1 convite : fotografias ; 17 x 13 cm. – Convite colado no álbum. – No interior do convite as fotografias dos homenageados.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 2º vol : [Documentos de 1895-1959]. – p. 161.
BMCCB/FL VC 3717


Publicações de Vasco de Carvalho


1934
Vasco de Carvalho publica artigos nos números únicos da revista “Caminho de Ferro Ilustrado”, também no ano de 1939.


1935
Publica no jornal “Estrela do Minho” o artigo sobre a imprensa famalicense, enumera todos os títulos, datas de fundação e anotações várias. Possui na sua biblioteca particular praticamente todos os títulos mencionados.
38
A Imprensa em V.N. de Famalicão [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – [Anterior a 29 Setembro 1935]. – [5] f. dactilografadas ; 30 x 21 cm.
Publicado no jornal “Estrela do Minho” a 29 de Setembro de 1935.
BMCCB/FL VC 2739



1937
V.C. publica um resumo da História de V.N. Famalicão “Esbocêto Histórico” na obra “Portugal Económico Monumental e Artístico”, 1º vol., que dava a conhecer por concelhos e distritos, o essencial sobre a economia, arte, monumentos para promoção turística.


1942
Vasco de Carvalho publica a primeira obra “Pedras Falsas”, uma conjunto de 9 contos prefaciados pelo escritor Carlos Sombrio. Alguns dos contos já tinham sido publicados na imprensa. Na capa, desenho de Cruz Caldas.
58
[Desenho] [Material gráfico] / Cruz Caldas. - [1942]. – 1 desenho : p.&b. ; 25 x 17 cm. - Desenho publicado na capa do livro “Pedras Falsas”.
In : Pedras falsas [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Janeiro 1942. – f. [2].
BMCCB/FL VC 8345


“Famalicão, 15 - II – 1942
Ex.mo Srº Vasco de Carvalho :
Venho agradecer-lhe a (...) oferta do livro que V. Excª acaba de publicar, apodando-o modesta e espirituosamente de “Pedras Falsas”.
Na sua operosa vida industrial, V. Excª confirma galhardamente p. as ocupações utilitárias não estiolam os espíritos exuberantes vedando-lhes o exercício do engenho e do bom gosto.
Eu felicito-o pela sua vis literaria.
É assim, consagrando os lazeres do espirito ao culto da Beleza, da Bondade e da Verdade, e pairando alto, sobre a charneca da vida, num ambiente mais puro e luminoso, p. o primata, o bicho Homem se nobilita e se sente menos bicho e mais Homem.
E a Fantasia, bondosa e gentil, enflora-lhe a existencia e dá-lhe a Ilusão – o unico Paraiso Terreal.
Fazer livros, e dá-los à luz da publicidade, é repartir pelo mundo filhos da nossa alma, abnegadamente, para serviço, cultura e divertimento dos outros. É sempre benemerencia.
Desejo a V. Excª, a par da felicidade pessoal, o m.os exito no campo das letras, e sou com a devida consideração
De V. Excª A. (...)
Daniel Rodrigues”
[Carta], 1942 Fevereiro 15, Famalicão [a] Vasco de Carvalho / Daniel Rodrigues. – 1 f. dobrada ; 18 x 13 cm.
BMCCB/FL VC 5099


59
[Carta], 1942 Abril 17, Porto [a] Vasco de Carvalho / Fernando de Castro Pires de Lima. – 1 f. ; 19 x 16 cm.
BMCCB/FL VC 5085


Vasco de Carvalho publica “Causa Invulgar: cenas passadas na freguesia de S. Julião do Calendário”, com prólogo de Alfredo Costa. A obra é um relato humorístico da matança dos gatos e das ceias do Padre Zeferino José de Sampaio, finais séc. XIX, oferecia a rapazes irrequietos que frequentavam a casa paroquial.
60
[Carta], [1942] Abril 27, Pôrto [a] Vasco de Carvalho / Júlio Brandão. – 2 f. ; 18 x 26 cm.
BMCCB/FL VC 5097



1944
Publica o livro “Hospital de S. João de Deus” que servirá para angariar fundos para o hospital. O livro foi enviado a cerca de 400 pessoas que o pagaram, conforme os recursos de cada um, revertendo o dinheiro para a Santa Casa da Misericórdia, no total de 30.000$00. Esta iniciativa inédita substitui o habitual “Cortejo das Oferendas”. Vasco de Carvalho fotografou, para ilustrar o livro, o Hospital e a Capela Nossa Senhora da Lapa.
61
[Face nascente da Capela de Nossa Senhora da Lapa e alpendre do Senhor do Cabido] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 1944. – 1 fotografia : p.&b. ; 9 x 6 cm. Publicada no livro “O Hospital de S. João de Deus”. – Fotografia colada no álbum.
In : Aspectos de Vila Nova [Álbum] : o Hospital S. João de Deus / Vasco de Carvalho. - Outubro de 1944. – f. [25].
BMCCB/FL VC 5214


62
[Exterior da sala de operações Plácido Ferreira de Carvalho, no rés-do-chão a cozinha do Hospital S. João de Deus] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 1944. – 1 fotografia : p.&b. ; 9 x 6 cm. - Publicada no livro “O Hospital de S. João de Deus”. – Fotografia colada no álbum.
In : Aspectos de Vila Nova [Álbum] : o Hospital S. João de Deus / Vasco de Carvalho. - Outubro de 1944. - f. [25].
BMCCB/FL VC 5220



1947
Vasco de Carvalho publica “A Justiça”.
A obra, que tinha sido terminada em 31 de agosto 1946, trata das origens e fundação moderna do concelho de V.N.Famalicão, incluíndo uma relação dos funcionários judiciais.
Oferece-o a 214 personalidades e instituições.
70
[Cartão], 1948 Julho 6, [Lisboa] [a] Vasco de Carvalho / Cardeal Patriaraca [Manuel Gonçalves Cerejeira]. – 10 x 15 cm.
BMCCB/FL VC 5087

71
[Cartão], 1948 Junho 20, [Lisboa] [a] Vasco de Carvalho / Nuno Simões. – 16 x 10 cm.
BMCCB/FL VC 5088


V.C. publica “Na morte de Júlio Brandão”. É uma obra In memoriam do poeta Júlio Brandão, seu amigo, apresenta a biografia e bibliografia. V.C. solicita-lhe, antes da morte do poeta, dados biográficos.

“18 de Julho.
Meu Ex.mo Amigo :
O prometido é devido. Envio algumas notas, como deseja (...).
Nasci em Famalicão, filho de Aires Pinto de Sousa e de D. Maria de Mascarenhas Brandão. Vim de tenra idade para o Pôrto. Aqui exerci as funções de professor do Ensino Técnico e do Liceu. Actualmente exerço o cargo de Director do Museu Municipal.
Tendo dado a lume vários livros e colaborando em muitos jornais e revistas. Presentemente colaboro literáriamente no Primeiro de Janeiro e na Voz de Portugal, do Rio de Janeiro.
Entre os meus livros publicados, contam-se volumes de versos, outros de contos e novelas, e ainda diversos de crítica literária e artística.
Pertenço há muitos anos à Academia das Ciências de Lisboa e à Academia Nacional de Belas Artes - as duas grandes Academias do país, o que muito me honra.
Creio que serão informações mais que suficientes.
Recebo contudo as ordens de V. Ex.cia, sempre para mim em extremo agradáveis.
Peço os meus respeitos para sua Ex.ma Espôsa, minha Senhora, e V. Ex.cia. (...)
Júlio Brandão”
[Carta], [Anterior a 1939] Junho 18, Porto [a] Vasco de Carvalho / Júlio Brandão. – 1 f. dobrada ; 18 x 14 cm.
BMCCB/FL VC 5096


72
[Júlio Brandão] [Material gráfico]. – [1921?]. – 1 fotografia : p.&b. ; 14 x 9 cm.
In : Na morte de Júlio Brandão [Álbum] / Vasco de Carvalho. - Maio de 1947. - f. [1].
BMCCB/FL VC 8532


73
[Cartão], 1947 Julho, Lisboa [a] Vasco de Carvalho / Júlio Dantas. – 10 x 15 cm. – Cartão timbrado da Academia de Ciências de Lisboa-Presidência.
BMCCB/FL VC 5083


Vasco de Carvalho conclui “O Nosso Julgado de Vermoim”, que mandou copiar na Torre do Tombo e encaderna as cópias para permitir consultas futuras. Neste volume constam as Memórias Paroquiais de 1758, resultado do Inquérito instituído pelo governo de D.José I, após o terramoto de 1755, e seu ministro Sebastião José de Carvalho e Melo, futuro Marquês de Pombal, para aumentar o conhecimento sobre a população existente no território.


“Esclarecimento
Possuindo por trasladados originais existentes na “Torre do Tombo” as cópias das nossas freguesias que pelos seus Párocos responderam ao Inquérito feito em Portugal após o sismo de 1755, aqui ficam encadernadas por ser grande o valor destes documentos, em face da sua narração reflectindo o Julgado de Vermoim em 1758.
Como me custaram alto preço e na certeza minha de que até hoje ninguém do nosso Concelho viu, leu ou consultou os seus originais, poderão elas assim agrupadas permitir consultas futuras para o estudo histórico de Vila Nova de Famalicão no século XVIII, ao mesmo tempo que, deste modo resumidas ficam tendo um arrumo verdadeiramente condicionado.
...
Representando canseiras e tendo merecimento a sua condição, não sei se todos aqueles que o lerem com os “olhos do espírito”, lhe darão o devido valor histórico.
Em todo o caso - lega-se - na conta de bem querer à terra de Famalicão, pois, como filho seu, por ter nascido na freguesia de S. Julião de Calendário a meio da antiga Rua da Estação considerada Vila, e a quem, durante trinta anos por ambas dividido, prestei o meu auxiliar esforço trabalhador e monetário, mais este préstimo, relatando antiga época – assim lhe deixo, para relembrar também este passado nosso.
Fica ainda aqui a minha esperança, de que o futuro, dará provas de maior grandeza e prosperidade, à Terra – de Vila Nova de Famalicão.
Casa de Santa Maria
No Sábado dia 15 de Março de 1947
Vasco de Carvalho”
In : O Nosso Julgado de Vermoim em 1721 e 1758 [Manuscrito]. – [Julho 1948]. – 238, 10 br. f. ; 29 cm. - f. 5
BMCCB/FL/AF VC 908 NOS



1948
V.C. termina a obra “Os Nossos Quadros”, só editado em 1955, por motivo de doença do autor. Reúne vários artigos publicados, no jornal “Estrela do Minho”, sobre quadros e pintores existentes no concelho.


1951
Vasco de Carvalho publica “Impressões de Espanha”, relato da viagem, que fez com a sua esposa e um casal amigo, a várias localidades de Espanha, entre 11 de abril e 4 de maio de 1949.

V.C. publica “Capela de S.Cristovão”, uma separata do jornal “Estrela do Minho”, que foi distribuída para propaganda da ideia de construção de uma capela dedicada a S.Cristovão, patrono dos motoristas e automobilistas. Ainda este ano, criou-se uma Comissão Executiva e de Honra que pretendia construir a capela na estrada Porto-Braga, no alto de S.Tiago da Cruz. A imprensa famalicense, seis anos depois, noticia o estado de estagnação em que se encontram os trabalhos de construção por falta de verbas.

82
Torneio relâmpago de Ping-Pong [Material Gráfico] / Famalicense Atlético Club “F.A.C”. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1951. – 1 folheto ; 21 x 15 cm.
Tiragem de 200 exemplares.
BMCCB/FL VC 698


83
Futebol Taça Luís Gonçalves [Material Gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1951. – 1 folheto ; 21 X 15 cm .
Tiragem de 300 exemplares.
BMCCB/FL VC 712



1953
Fruto da viagem que fez em 1950, Vasco de Carvalho publica “Viagem a Roma”, único livro português que refere o Ano Santo. Enviou-o a Sua Santidade Papa Pio XII e, por esse motivo, recebeu a Benção Papal.

Envia para o jornal “Estrela do Minho”, por correio aéreo, reportagens sobre a viagem que está a efetuar a Roma, em 1950, que agora publica em livro com o título “Cartas de Viagem”.

85
Benção dos campos [Material gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1953. – 1 folheto ; 21 x 15 cm.
Tiragem de 200 exemplares.
BMCCB/FL VC 1027

86
Vasco de Carvalho, a esposa e duas amigas [Material gráfico]. – [1953?]. – 1 fotografia : p.&b. ; 9 x 13 cm.
BMCCB/FL VC 3029



1955
Vasco de Carvalho publica “Os Nossos Quadros”, descrição de quadros existentes na Câmara, no Hospital e em posse de particulares, mencionando as biografias dos artistas.

V.C. publica “Imagens Famalicenses”, descrição de pinturas, desenhos, postais e fotografias, que abordam assuntos famalicenses, apresenta as biografias dos autores.


1956
Vasco de Carvalho publica “O Desembargador Manuel Reis”, biografia de Manuel Augusto de Sá Costa Reis.
102
[Cartão], 1957 Janeiro 19, V.N.Famalicão [a] Vasco de Carvalho / Álvaro Marques, Presidente da Câmara de V.N. de Famalicão. – 10 x 16 cm.
Papel timbrado da Câmara.
BMCCB/FL VC 5095


V.C. publica “O Liques”, biografia de uma herói do ultramar, Domingos da Silva Carneiro, apelidado de Liques, famalicense, que combateu às ordens de Mouzinho de Albuquerque e ajudou a capturar Gungunhana.


1958
V.C. publica a conferência “Velhos e novos tempos de Vila Nova” na publicação “Bazar das Letras das Ciências e das Artes”, suplemento literário de “A Voz”.


1959
Vasco de Carvalho publica “Biografias”, onde foca aspetos biográficos de personalidades ilustres que se destacaram em Famalicão, o Drº Costa Carneiro, médico, Drº José Joaquim de Oliveira, advogado, etc.


1960
Vasco de Carvalho publica “Representação Mariana”, crónica de como foi representado V. N. Famalicão na Exposição Mariana, em 1954, em Braga, durante o Ano Santo.

“Meu prezado Amigo, Sr. Vasco de Carvalho :
Tenho feito mil esforços para ir à sua ilustre “Casa de Santa Maria”, levar-lhe pessoal e directamente o meu aplauso e admiração pela obra benemérita em que vem queimando gloriosamente as suas energias vitais e o seu esforço intelectual.
Desta vez, teria de juntar ao incondicional louvor pelo seu porfiado labor em prol de Famalicão o meu sincero e rendido agradecimento pela generosidade franca e carinhosa amizade com que atrelou o meu humilde nome à luminosa caminhada do seu último livro “Representação Mariana”. Desvanece-me profundamente a sua gentileza, a sua amizade, e – permita-me a palavra – a sua camaradagem. Mas não me tem permitido esta Quaresma desmedidamente laboriosa a alegria de o visitar pessoalmente. Confio, por isso, ao papel estes sentimentos de reconhecimento e admiração, bem como o meu desvanecimento pela sua generosa amizade.
Deus continue a favorecê-lo com os dons de espírito e tempo e fortuna – que tão bem tem sabido aproveitar – .
É Famalicão e é a cultura que lucram e se valorizam.
Com os meus respeitosos cumprimentos para sua Ex.ma Esposa, vai o abraço mtº forte e amiº.
Requião, 28 / III / 1957
Benjamim Salgado”
[Carta] 1957 Março 28, Requião [a] Vasco de Carvalho / Benjamim Salgado. – 1 folha ; 27 x 21 cm.
BMCCB/FL VC 5098


V.C. publica “Factos e Nomes”, consequência do volume ”Biografias”, continua a tratar temas famalicenses : histórias de empresas, hoteís, e biografias de personalidades locais.
Vasco de Carvalho fotografou, no ano anterior, edifícios da cidade para ilustrar este livro.
113
[Edifício da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 20 Janeiro 1959. – 1 fotografia : p.&b.; 18 x 12 cm. – Fotografia colada no álbum. – Fotografia publicada no livro “Factos e Nomes”. – Edifício na Rua Adriano Pinto Basto.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 35.
BMCCB/FL VC 4002

114
[Edifício Hotel Central] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [1959]. – 1 fotografia : p.&b.; 7 x 10 cm. – Fotografia colada no álbum. – Fotografia publicada no livro “Factos e Nomes”.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 35.
BMCCB/FL VC 4005

115
Hotel Garantia [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 26 Novembro 1959. – 1 fotografia : p.&b.; 6 x 9 cm. – Fotografia colada no álbum. – Fotografia publicada no livro “Factos e Nomes”.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 35.
BMCCB/FL VC 4003


Vasco de Carvalho publica “Sacerdotes de Eleição”, biografia de 6 sacerdotes famalicenses que foram elevados a Monsenhor : Monsenhor Francisco d´Assis Ribeiro da Gonçalves Costa, Monsenhor Abílio P. Araújo, Monsenhor António de Araújo Costa.
116
Vasco de Carvalho no almoço de homenagem, no Hotel da Penha, a Monsenhor Araújo Costa [Material gráfico] / Foto Cine. – Outubro 1960. – 1 fotografia : p.&b.; 18 x 24 cm. - Fotografia colada no álbum.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 49.
BMCCB/FL VC 4026


V.C. publica “Desembargadores”, biografias de 6 figuras distintas que alcançaram o lugar de Juíz Desembargador.

Acontecimentos em V.N. Famalicão


1895
Primeiro número do jornal “Estrela do Minho”, director Manuel Pinto de Sousa.

Primeiro número do jornal “O Porvir”, diretor Sousa Fernandes, proprietário Manuel Pinto.


1896
Fundação do Clube dos Caçadores de V.N. de Famalicão.

Fundação da Fábrica de Fiação Sampaio Ferreira.

Fundação da Tipografia Minerva.


1898
Morte do Barão da Trovisqueira.


1899
O jornal O Século publica na 1º página o artigo sobre Vila Nova, no dia 2 de julho.
Vasco de Carvalho realça, em adulto, no texto, a referência à fundação da primeira fábrica de relógios do país “A Boa Reguladora”. Adquiriu este recorte à Livraria Camões de Júlio Guimarães, em Lisboa, pelo valor de 7$50.

Primeiro número do jornal “O Regenerador”, diretor Joaquim José da Rocha.
2
[Igreja Matriz de V.N. Famalicão] [Material gráfico] / Armando Ribeiro. – [1899]. – 1 desenho ; 9 x 12 cm. – Desenho colado no álbum.
In : A Justiça [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Dezembro de 1947. – f. [6].
BMCCB/FL VC 5294



1900
Conclusão do edifício das escolas primárias Conde de S. Cosme do Vale.

Censo da População.
V.N. Famalicão compõe-se por 48 freguesias com 7.983 fogos e 33.978 habitantes.

Primeiro número do “O Lusitano”, editor António Ferreira da Cruz..

Primeiro número do jornal “O Luctador”, de Joaquim Ferreira da Cruz.


1901
Na passagem do século, realizou-se uma imponente festa religiosa na Igreja Matriz.

Inauguração das escolas Conde de S. Cosme do Vale.

Tuna Recreativa Famalicense dá o primeiro espetáculo.

Inauguração da sede da Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Famalicão, na rua Adriano Pinto Basto.

Morte da Baroneza de Joane, mãe de Bernardino Machado.


1902
Inauguradas as Escolas Móveis Agrícolas Maria Cristina, presidida por Francisco de Sousa Carqueja.
Durante 1 ano permaneceram no concelho fornecendo cursos gratuitos de ensino teórico-prático de Agricultura, nas freguesias.
Vasco Carvalho assistiu a algumas aulas com o professor mestre-agrónomo José Queirós.
3
Lições das Escolas Moveis Agricolas Maria Christina em Villa Nova de Famalicão 1902 a 1903. – Braga : Livraria Escolar de Cruz & Cª Editores, [post. 1903]. – 127 p. ; 20 cm.
BMCCB/FL/AF 63 LIC



1903
Homenagem ao Conde S.Cosme do Vale.


1904
Fundação do Instituto Anti-Tuberculoso “Silva Maia” de V.N. de Famalicão, presidido pelo Drº Delfim Carvalho. Assistia tuberculosos pobres do concelho, serviço já iniciado pela Associação dos Bombeiros Voluntários.
6
Relatório do Instituto Anti-tuberculoso “Silva Maia” de Villa Nova de Famalicão relativo à primeira gerência de 1904-1905. – Famalicão : Typographia Minerva, 1906. – 31 p. ; 21 cm.
Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 61 INS


7
Pela Verdade : protesto e desaffronta / Real Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Famalicão. – Famalicão : Typographia Minerva, 1904. – 31 p. ; 22 cm. – Notas manuscritas de V.C. – Na capa carimbo de posse de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 614 REA



1905
Abertura do Café do Júlio, na rua de S. António.


1906
Associação dos Empregados do Comércio realiza a 1ª conferência, com o Drº Artur Bivar, o tema desenvolvido foi “A Liberdade, na teoria e sua história”, no Hotel Vilanovense.
Vasco de Carvalho assiste a esta conferência e a muitas outras que ocorreram.


1907
Fundação da Fábrica de máquinas agrícolas “A Lavoura”.
8
“A Lavoura” [Material gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, [entre 1940-1950?]. – 1 folheto ; 21 x 15 cm.
Folheto publicitário impresso em papel cor- de-rosa, com imagem do prédio onde estavam instalados os armazéns e oficinas de “A Lavoura”, na Rua Adriano Pinto Basto.
BMCCB/FL VC 82


Festeja-se pela primeira vez as Festas Antoninas (evento que termina em 1912).


1908
Primeiro número do jornal “O Famalicense”, diretor José Maria da Graça Souza Júnior.


1909
Inauguração da iluminação elétrica pública.

Primeiro número do jornal “O Sorriso”, diretor Júlio César Dias Padrão, proprietário António Maria Pereira.


1910
Primeiro número do jornal “Notícias de Famalicão”, diretor Guilherme da Costa e Sá.

Em direção a Braga, passa em V.N. Famalicão, o Príncipe D. Luiz Filipe, herdeiro do trono.

Primeiro número do jornal “Novidades de Famalicão”, diretor Manoel José Rodrigues.

Início do culto, na Igreja Matriz após as obras iniciadas em 1903.

Primeiro número do jornal “A Paz”, director e editor Elpidio Brandão Peixoto, proprietário Joaquim José da Rocha.


1911
Fundação da Associação Comercial e Industrial de V.N. de Famalicão.


1912
Primeiro número do jornal “A Lavoura do Minho”, diretor Associação Agrícola do Minho.

Primeiro número do jornal “Desafronta”, diretor e proprietário Francisco Maria de Oliveira e Silva.

A Tipografia Minerva instala-se num novo edifício, na Avenida Barão da Trovisqueira.


1913
Inauguração da Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco, a 5 de outubro, nos Paços do Concelho.

Inauguração do Salão Olímpia.
13
Planta do Salão-Teatro Olímpia [Material gráfico] : Villa Nova de Famalicão : proprietário Alvaro Bezerra. – Famalicão : Tip. Minerva, [post. 1913]. – 1 planta ; 33 x 26 cm.
Notas manuscritas. – Planta colada numa folha de papel.
BMCCB/FL VC 2872


Fundação do Sindicato Agrícola.


1914
Primeiro número do jornal “A Gazeta de Famalicão”, diretor Joaquim José da Rocha.


1915
Incêndio na Casa de Camilo.

Constituição da Comissão de Homenagem a Camilo Castelo Branco.


1917
O escritor Júlio Brandão publica “Contos escolhidos”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco de Carvalho


1920
Obras de melhoramento nas ruas da vila.

Primeiro Número “O Clarão”, diretor António Gonçalves Branco.


1921
Demolição do Bairro das Laranjeiras.

Vicente Arnoso publica o livro “Cantigas e mais cantigas”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco Carvalho.

Constituição da Cooperativa de Famalicão.


1922
Primeiro número do jornal ”Vida e Sport”, proprietário e editor Urias Dias Marques.

Primeiro número “O Democrata”, editor Joaquim da Silva Castro.


1923
Tomada de posse da Câmara de Municipal, sendo a Comissão Executiva presidida pelo Dr. Carlos Bacelar.

A Boa Reguladora premiada, com a medalha de ouro, na Exposição Internacional do Rio de Janeiro.

Alberto Veloso de Araújo publica o livro “O Ensino feminino agrícola...”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco de Carvalho.


1924
Inauguração do Monumento aos Mortos da Grande Guerra, a 9 de abril.

Inauguração da Capela de Santo António, na Rua Alves Roçadas.

Representação do drama “Coração de Bombeiro”, de Daniel Correia, no Teatro Olímpia, em 19 de junho, a favor da subscrição para a compra duma auto-bomba para a corporação dos Bombeiros Voluntários de V. N. Famalicão.
22
Coração de bombeiro : drama em 1 acto / Daniel Correia. – Famalicão : Tip. Minerva, 1924. – 31 p. ; 14 cm.
Notas manuscritas de V.C. – Encadernado com outro exemplar e uma carta.
BMCCB/FL/AL VC 869.0-2 COR



1925
Primeiro número do jornal “O Minhoto”, diretor e editor Joaquim de Carvalho.

Primeiro número “O Guia do Agricultor”, diretor Abílio Gomes F. Costa, editor Albino Cândido de Sousa.

Inauguração do monumento a Camilo Castelo Branco, nos jardins do Tribunal, no dia 16 de março.


1926
Inauguração da filial da Caixa Geral dos Depósitos.


1927
Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Famalicenses tem aprovado os seus estatutos pelo Governador Civil, inaugurados em 1928. Assinaram a petição para criação desta associação 30 bombeiros dissidentes da Associação dos Voluntários de V.N. de Famalicão. Resumo sobre a história da Associação publicado por Vasco de Carvalho no jornal “Estrela do Minho”, em 1943.
27
Bombeiros Voluntários de Famalicão [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – [1943?] . – [4] f. dactilografadas ; 30 x 21 cm.
BMCCB/FL VC 162


28
Estatuto da Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários Famalicenses. – Famalicão : Tip. Minerva, 1930. – 15 p. ; 18 cm.
BMCCB/FL/AF 614 ASS



1928
O Orfeão Famalicense termina as suas atuações e encerra.


1929
Conclusão da Casa dos Magistrados.

Inauguração do quartel dos Bombeiros Voluntários Famalicenses.

Narciso Ferreira galardoado com as insígnias de Grande Oficial da Ordem de Benemerência, atribuído pelo Governo.


1930
O Censo determina 44.203 habitantes no concelho.

Primeiro número “A Notícia”, diretor Alexandrino Costa.


1931
Grandiosas “Festas do Trabalho”.


1932
Nuno Simões publica o livro “Os Vinhos do Porto e a defesa internacional da sua marca : subsídio para o estudo da questão”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco de Carvalho, com dedicatória.

“A Boa Reguladora” participa na Exposição Industrial Portuguesa, em Lisboa.
32
[Cartão do expositor Vasco de Carvalho na Grande Exposição Industrial Portuguesa 1932] [Material gráfico]. – 1932. – 1 cartão com fotografia ; 12 x 8 cm. - Cartão colado no álbum.
In : Coisas passadas [Álbum] : Bons tempos / Vasco de Carvalho. – [1901-1940]. - f. [26 v.].
BMCCB/FL VC 4519


Primeiro número “O Jornal”, diretor e editor José Fernandes.

Demolição de casas da “antiga Rua Direita” para prosseguimento da Avenida da República. Obras iniciadas pela Vereação Republicana, sob o Pelouro de António Dias Costa.
33
[Demolição de casas na Rua Direita] [Material gráfico] / [João Plácido Valongo]. – Maio 1932. – 1 fotografia : p.&b. ; 7 x 10 cm. – Nota manuscrita de V.C. : “A demolição das casas da antiga Rua Direita, actualmente Rua Almirante Candido dos Reis, para o prosseguimento da Avenida da Republica. Maio de 1932. (Fotografia de João Valongo a meu pedido. Vasco”. – Fotografia colada no álbum.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 1º vol. : [Documentos de 1911-1958]. – f. 3.
BMCCB/FL VC 3038



1933
Manuel Portela, ex-sócio fundador e gerente da “Lavoura” cria a fábrica de máquinas agrícolas “A Camponesa”.


1934
Toma posse a Comissão Administrativa da Câmara Municipal, presidente Drº Francisco Alves Correia de Araújo.


1935
Vila Nova de Famalicão comemora o 1º Centenário da Criação do Concelho, durante as Festas de Setembro.
Esteve presente o Cardeal Patriarca Srº D. Manuel Gonçalves Cerejeira, o Governador Civil e o representante do Ministro do Interior.
39
Programa Grandiosas Festas de Setembro em 29 e 30 [Material gráfico]. – Vila Nova de Famalicão : Tipografia do Centro de Novidades de João Plácido Valongo, 1935. – 1 folheto, 2 f. ; 23 x 18 cm.
BMCCB/FL VC 995



1937
Por iniciativa de V.C., a Câmara Municipal levanta memórias sepulcrais no cemitério de V.N.F., a Adriano Pinto Basto e ao herói soldado de Chaimite – Liques.

A Direcção da Liga dos Combatentes da Grande Guerra de Famalicão oferece a V.C. o livro onde assinala os soldados de Infantaria 8 e 29 como sendo naturais do concelho.
47
Relação dos Militares Portugueses sepultados nos cemitérios de Richebourg l´Avoué, Boulogne s/Mer e Antuérpia / Ministério da Guerra, 3ª Direcção Geral, Estado Maior do Exército. – Lisboa : M.G., 1937. – [48] p. ; 18 x 27 cm.
Na contracapa notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC



1938
A Associação Comercial e Industrial realiza várias conferências de índole cultural, ao longo dos anos. A primeira conferência foi feita pelo Drº Nuno Simões.

A Banda de Famalicão apresenta-se pela primeira vez em público.


1939
A Associação Comercial e Industrial é extinta e sucede-lhe o Ateneu Comercial e Industrial.


1940
Fundação do Grémio da Lavoura.
53
Relatório, balanço e contas da gerência do Grémio da Lavoura de Vila Nova de Famalicão : (desde Outubro de 1940 até 31 de Dezembro de 1941). – V.N. Famalicão : Grandes Oficinas Gráficas Minerva, [post. 1941]. – 13 p. ; 22 cm.
Na f. rosto carimbo e assinatura de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 63


Passagem por V.N. Famalicão do Presidente da República General Carmona, recebido pelo Presidente da Câmara Drº Rudolfo Aguiar e pelo Srº Alexandrino Costa, secretário da União Nacional, e por outras entidades.

Comemorações do Centenário Nascimento do Padre Sena Freitas, amigo do escritor Camilo Castelo Branco, inauguração de uma lápide evocatica da amizade entre Camilo e o padre, em 22 de dezembro. Vasco de Carvalho assiste a este cerimónia.


1943
Inauguração do Hotel Garantia.

O Padre Benjamim Salgado publica “Lírios de Maio”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco de Carvalho.


1944
José Casimiro da Silva publica “A União da província através da sua imprensa”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco Carvalho, com dedicatória.


1945
A Misericórdia de V.N.Famalicão publica a “Reforma dos Estatutos”.
65
Reforma dos Estatutos da Misericórdia de Vila Nova de Famalicão. – Vila Nova de Famalicão : Grandes Oficinas Gráficas Minerva, 1945. – 28 p. ; 22 cm.
Na capa notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 2 SAN


O jornal “Estrela do Minho” comemora as Bodas de Ouro, com uma edição especial. V.C. escreve o artigo “Meio Século”.

Inauguração da Casa da Mocidade. Preside à cerimónia o delegado provincial Drº Teófilo Esquível, o sub-delegado regional Folhadela de Macedo, e o assistente regional Padre Aloísio de Sousa.
66
Festa de inauguração da Casa da Mocidade [Material gráfico] : Domingo, 29 Abril de 1945 / Mocidade Portuguesa, Sub-delegação regional da Ala nº5. – Famalicão : Tip. Minerva, 1945. - 1 folheto ; 23 x 16 cm.
Tiragem de 500 exemplares.
BMCCB/FL VC 3178



1946
O Clube dos Caçadores comemora Bodas de Ouro.
68
Comemorações das Bodas de Ouro do Clube dos Caçadores de Vila Nova de Famalicão. – Porto : Tip. Progrédior, 1946. – [18] p. ; 16 x 22 cm.
Na capa carimbo de posse de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 799.31 CLU


69
Banda de Famalicão [Material gráfico] : Festa dos Reis de 1946 / Grupo Recreativo Musical Famalicense. – Famalicão : Tip. Minerva, 1945. – 1 folheto ; 16 x 12 cm.
Na capa assinatura de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 78 BAN



1947
As Feiras de setembro e maio passam a ser Feiras Francas.

Grande Gincana Automobilista de Famalicão, presidida pelo Ministro de Educação Nacional.
74
Grande Gincana Automobilista de Famalicão. – Famalicão : Grandes Oficinas Gráficas Minerva, 1947. – [8] p. ; 17 cm.
Na capa carimbo de posse de V.C. - Na contracapa colado um recorte de imprensa, e no final um folheto “Concurso de Elegância de Automóveis”.
BMCCB/FL VC 796/799 GRA

Fundação da Banda de Música de V. N. Famalicão.
75
A nova Banda de Música de Vila Nova de Famalicão fundada em 1947 [Material gráfico]. – Famalicão : Centro de Novidades, 1953. – 1 folheto ; 11 x 15 cm.
Tiragem de 2000 exemplares.
BMCCB/FL VC 157


A Comissão Municipal de Assistência Social e Santa Casa da Misericórdia organizam um Cortejo de Oferendas, a 29 outubro, para recolher dádivas em benefício do Hospital. Estiveram presentes o Ministro do Interior, o Governador Civil, o Arcebispo-Primaz, o Presidente da Câmara, etc.
V.C. anota, no álbum “Notas e coisas em jornais que falam de Vila Nova de Famalicão”,
que percorreu, com o Abade de Antas e o Vice-presidente da Comissão, as 48 freguesias do concelho para angariar fundos, em duas semanas, tarefa que refere como difícil.

As Edições Latina, do Porto, editam o Album Filatélico-Turístico Português – V.N. Famalicão.


1948
Primeiro Ante-plano de urbanização da Vila foi apresentado, pelo Presidente da Câmara, ao público e à imprensa.

Artur Cupertino de Miranda publica o livro “Crédito bancário em face da actual conjuntura económica-financeira”, obra que se encontra na biblioteca particular de Vasco de Carvalho.

Primeiro número do jornal “Minho-Ala Cinco”, diretor e editor Rebelo Mesquita.


1949
Primeiro número “Jornal de Famalicão”, diretor e editor Rebelo Mesquita.

Leilão do mobiliário do Café do Júlio que encerra a 2 de setembro.
78
Leilão Café do Júlio [Material gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1949. – 1 folheto ; 15 x 20 cm.
Tiragem de 1000 exemplares.
BMCCB/FL VC 59



1950
A Câmara Municipal publica o primeiro Relatório das Atividades e Contas, relativo aos quatro anos de gerência (1945-1948) na presidência do Drº Álvaro Folhadela Marques.
Inauguração do Bairro Cardeal Cerejeira, com a presença do Cardeal e do Ministro das Obras Públicas.
80
Relatório da Câmara / Vasco de Carvalho.
In : Notícias de Famalicão. – Ano 57 (23 Setembro 1951), p.1-2.
BMCCB/FL VC 2782


Inauguração do Bairro Cardeal Cerejeira, com a presença do Cardeal e do Ministro das Obras Públicas.
81
Povo do Louro! Nacionalistas da nossa terra! [Material gráfico] / José da Costa Fernandes...[et al.]. – Famalicão : Tip. Aliança, 1950. – 1 folheto ; 29 x 21 cm.
Tiragem de 1000 exemplares. - Notas manuscritas de V.C. : “Eleições da Junta de Freguesia a 15x10x1950 Domingo”.
BMCCB/FL VC 1051



1952
A Inauguração do Estádio Municipal, do edifício do Mercado Municipal, e outros melhoramentos na vila, com a presença do Ministro da Educação Nacional e o Sub-secretário do Comércio e Indústria.

Incêndio nos Paços do Concelho.
84
Só hoje 6 fotografias passe e um postal por 12$50 [Material Gráfico] / Foto Cruzarte. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1952. – 1 folheto ; 17 x 11 cm.
Tiragem de 2000 exemplares.
BMCCB/FL VC 76



1953
O Ateneu Comercial e Industrial promove, a 24 de setembro, uma homenagem ao Presidente da Câmara Municipal Drº Álvaro Folhadela Marques.


1954
Os CTT inauguram o serviço de Auto-Ambulância Postal Porto-V.N.Famalicão-Braga-Fafe.
89
Auto-Ambulância Postal Porto-Braga-Fafe [Material gráfico] / CTT. – [S.l : s.n. ], 1954. – 1 folheto (frente e verso) ; 15 x 11 cm. – Folheto colado no álbum.
In : Aspectos famalicenses [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [anterior 1961].
BMCCB/FL VC 4373


O primeiro prémio da Sorte Grande (1000 contos) foi vendido pelo cauteleiro de Famalicão Alberto Silva.
90
Sorte Grande!!! [Material gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1954. – 1 folheto ; 11 x 21 cm.
Tiragem de 500 exemplares.
BMCCB/FL VC 85


Na freguesia de Lousado são inaugurados: o abastecimento de água, a cantina escolar, o restauro da Ponte da Lagoncinha e a Capela de S. Lourenço.


1955
O Grémio do Comércio anuncia que o 1º Dezembro é feriado nacional, por força do Contrato de Trabalho.
92
Aviso [Material gráfico] / Grémio do Comércio do Concelho de Vila Nova de Famalicão. – Famalicão : Centro Gráfico, 1955. – 1 folheto ; 15 x 22 cm.
Tiragem 1000 exemplares.
BMCCB/FL VC 78


O Grupo Recreativo A Boa Reguladora promove um programa de festas para o S.João.

Festa de Nossa Senhora dos Remédios, na freguesia do Calendário, a 22 de maio.

Apresentação do novo edifício dos Paços do Concelho, arquiteto Januário Godinho.

No dia 25 de abril, receção aos ilustres Chefes de Estado do Brasil Drº José Café Filho e ao Chefe de Estado de Portugal General Craveiro Lopes, que passaram pela Vila.


1956
Assinatura do Acordo Colectivo de Trabalho, o primeiro que se realiza no distrito de Braga, entre A Boa Reguladora e os operários representados pelo Sindicato da Metalurgia, Serração e Marcenarias. Após a assinatura do acordo, V.C. usou da palavra referindo-se ao sistema corporativo ao longo dos tempos.

O Futebol Clube de Famalicão lança uma campanha de novos sócios.


1957
José Casimiro da Silva envolveu-se numa polémica contra a fundação do Centro Gráfico de V.N. Famalicão. Escreve uma pequena brochura dando explicações públicas do sucedido.
103
De como se fundou o Centro Gráfico / José Casimiro da Silva. – Vila Nova de Famalicão : [edição de autor], 1957. – 17 p. ; 22 cm.
Recorte de imprensa colado na contracapa. – Dedicatória do autor a V.C.
BMCCB/FL VC 655 SIL


O Presidente da Câmara Municipal Drº Álvaro Folhadela Marques faleceu a 4 de outubro. Vasco de Carvalho faz um discurso no cemitério municipal.


1958
O industrial Augusto Correia de Abreu adquire terrenos para construção do Cine Teatro, e o Presidente da Câmara e o Governador Civil preparam diligências para a construção.

Inauguração da Casa de Camilo, após o restauro, com a presença do Ministro da Presidência Drº Marcelo Caetano.

Tomada de posse do novo Presidente da Câmara, Engº José Pinto de Oliveira, V.C. esteve presente na cerimónia.

Inauguração da nova Estação de Correio de V.N. de Famalicão em edifício expressamente construído para arrendamento aos CTT pelo Manuel Barbosa de Brito – 106º Realização do Plano de Instalação e Reinstalação de Pequenas Estações de Província do Ministério das Comunicações – Administração-Geral dos Correios, Telégrafos e Telefones.
V.C. esteve presente e teve uma intervenção pública.
107
Inauguração da nova Estação do Correio de Vila Nova de Famalicão [Material gráfico] / CTT. – [S.l. : s.n.], 1958. – 1 folheto dobrado ; 21 x 16 cm.
Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 646


108
[Discurso sobre a História Postal] [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – [1958?]. – 3 f. coladas ; 49 x 14 cm.
Discurso efectuado durante a sessão de inauguração da nova Estação de Correios em V.N.Famalicão, no dia 9 de Março de 1958.
BMCCB/FL VC 641



1959
As Festas Antoninas ressurgem com maiores festejos, na presidência da Câmara Municipal, o Engº José Pinto de Oliveira, que juntamente com os Grémios, o Ateneu Comercial e Industrial e a Imprensa incentivam a criação das festas concelhias.
O Vereador da Cultura, Drº Machado Ruivo, apresenta uma proposta, que foi aprovada pela Câmara, no sentido das Festas, de 8 de maio e de 29 de setembro, não serem consideradas festas concelhias, devido ao mau tempo que se faz sentir naquelas épocas do ano, e considerar o dia de S.António a Festa do Concelho.
109
Festas Antoninas Programa oficial [Material gráfico] : Festas do concelho de V.N. Famalicão 9 a 14 Junho 1959. – Areosa : Gráfica Ibéria, 1959. – 1 programa, folhas dobradas ; 17 x 11 cm.
Número único. – Programa colado numa capa de cartão com outro exemplar.
BMCCB/FL VC 394 FES


Eleições nacionais.
110
Aos Eleitores de Mouquim! Queremos Paz na nossa Terra! [Material gráfico] / Um grupo de eleitores. – [V.N.Famalicão] : Gráfica Famalicense, 1959. – 1 folheto ; 29 x 21 cm.
Tiragem 500 exemplares. – Notas manuscrita de V.C. no álbum :” Panfleto distribuido em Mouquim nas vesperas das eleições da Junta de Freguesia, realizadas no Domingo 18 de Junho de 1959”.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 2º vol : [Documentos de 1895-1959]. – p. 186.
BMCCB/FL VC 3917


António Faria Araújo edita uma “Agenda Indicador do Concelho de V.N. Famalicão” para o ano corrente, na Tipografia Centro de Novidades. Contém referências a redes telefónicas, estabelecimentos comerciais e industriais, ramos de atividade por freguesias, horários de transportes, referências a médicos, advogados, etc.
111
Agenda Indicador do concelho de V.N. Famalicão para o ano de 1959 / editor António Faria Araújo. – Vila Nova de Famalicão : Centro de Novidades, [1958?]. – [75] p., agenda ; 11 x 8 cm.
Agenda colada numa capa de cartão 18 x 13 cm. – Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 906 AGE


Realizaram-se Sessões culturais-religiosas “Famalicão aos pés da Virgem Peregrina”, tendo sido conferencistas o Padre Manuel Faria, o Padre Benjamim Salgado, o Engº Amadeu Mesquita Guimarães e o Engº José Pinto de Oliveira.
112
Famalicão aos pés da Virgem Peregrina [Material gráfico] : Programa geral das solenidades. – Famalicão : Tipografia Central, Maio 1959. – 1 programa ; 21 x 13 cm. – Nota manuscrita de V.C.
BMCCB/FL VC 3874



1960
Primeiro número do jornal “Estrela do Manhã”, proprietário, diretor e editor José Casimiro da Silva.

Comemorações Henriquinas, no 10 de junho, com participação de todas as escolas, Escola Industrial e Comercial, Externatos, etc.


1961
O Grupo Recreativo do pessoal “A Boa Reguladora” comemorou a sua fundação com um almoço de confraternização, realizado na cantina da fábrica, assim como uma missa de Acção de Graças a S. José.
118
[Vasco de Carvalho no almoço de confraternização na Boa Reguladora] [Material gráfico]. – [18 Março 1961]. – 1 fotografia : p.&b.; 9 x 14 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 100.
BMCCB/FL VC 4133


Em reunião de Câmara, de 26 de junho, o Presidente informa que Vasco de Carvalho pretende doar a sua biblioteca particular, mesa de trabalho, cadeiras e outro mobiliário à autarquia. A Câmara tomou conhecimento e aceitou a oferta manifestando o profundo reconhecimento e gratidão.
119
[Carta], 1961 Setembro 13, [V.N.Famalicão] [a] Padre Benjamim Salgado / Vasco de Carvalho. – 27 x 21 cm. – V.C. sabendo que a sua doação de livros vai ser integrada nas novas instalações da Biblioteca Municipal, informa que disponibilizará os catálogos-ficheiros correspondentes.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 3º vol : [Documentos de 1958-1961]. – p. 137.
BMCCB/FL VC 4188


Inauguração do novo edifício dos Paços do Concelho e Palácio da Justiça.

Transferência da antiga Biblioteca Municipal para o novo edifício dos Paços do Concelho, que reabrirá, sob o pelouro do Vereador da Cultura, Padre Benjamim Salgado.
120
In : Servindo Calendário [Álbum] / Vasco de Carvalho. - Abril de 1946. – f. [20].
BMCCB/FL VC 8256


Intervenção cívica de Vasco de Carvalho


1910
Receção à União de Empregados do Comércio do Porto, na Casa de Camilo, pela Associação dos Empregados do Comércio de V.N. de Famalicão.


1913
No aniversário da Associação dos Empregados do Comércio, Vasco de Carvalho apresenta um discurso.

Vasco de Carvalho membro ativo da Conferência de S.Vicente de Paulo (masculina).


1915
Vasco de Carvalho sócio e secretário da Associação de Socorros Mútuos Famalicense.


1916
Vasco de Carvalho apresenta o Orfeâo Famalicense, no Salão Olímpia, a 15 de outubro, antes do primeiro espetáculo.

Vasco de Carvalho membro e animador das “Festas da Flor”, para angariar fundos para os soldados combatentes na Grande Guerra e para o Hospital S. João de Deus.


1917
Vasco de Carvalho auxiliou a “Associação das Portuguesas às vítimas da Guerra”, grupo de senhoras benfeitoras do concelho, cuja presidente é a Viscondessa de Pindela e secretária Maria Bertila Carvalho.


1922
Vasco de Carvalho participa na homenagem, com um discurso, aos aviadores Gago Coutinho e Sacadura Cabral, pela sua viagem ao Brasil.

Vasco de Carvalho promove obras na Igreja de S. Julião do Calendário.
19
Obras na Igreja de São Julião do Calendário [Manuscrito] : Setembro de 1922 / Movimento apresentado por Vasco de Carvalho. – 1922. - [7, 3 br.] f. ; 29 x 22 cm.
BMCCB/FL VC 2685



1923
Vasco de Carvalho faz parte da Comissão promotora de melhoramentos no Monte do Facho, presidida pelo Abade de Calendário, que pretende construir um templo dedicado a Nossa Senhora da Paz e uma estrada de Magida até ao cimo do monte, arborização do local, etc.
20
Os melhoramentos no Monte do Facho [Manuscrito] / [Vasco de Carvalho]. – [1923]. – 1 folha dactilografada ; 30 x 17 cm.
Notas manuscritas de V.C. - Este documento foi publicado no jornal “Estrela do Minho”, em 1923, conforme o texto manuscrito.
BMCCB/FL VC 2770


21
Os melhoramentos do Monte-do-Facho em Famalicão : breves considerações acêrca do turismo em Portugal e dos projectos daqueles melhoramentos / Alberto Veloso. – Famalicão : Tipografia Minerva, 1923. – 24 p. ; 22 cm.
Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL/AF VC 338.48 VEL



1926
Vasco de Carvalho pertence à Comissão da Festa da Milagrosa Santa Catarina.
23
Eleição da Comissão juiza e mordoma que tem de fazer a Festa da Milagosa Santa Catarina no ano de 1926 a 1927 [Manuscrito]. – 1926. – 1 folha pautada ; 35 x 22 cm.
BMCCB/FL VC 2776


24
Santa Catarina [Material gráfico] : que se venera na sua capelinha, no Monte do Facho, em Vila Nova de Famalicão. – Famalicão : Centro Gráfico, [1950-1960?]. – 1 estampa : col.; 33 x 24 cm.
Carimbo de posse de V.C.
BMCCB/FL VC 2650



1927
Vasco de Carvalho, como membro da Comissão de Festas de Santa Catarina, apresenta a José Marques, o projeto de Estatutos da Confraria de Nossa Senhora da Paz do Monte do Facho – Santa Catarina, em Calendário.
25
Projêto do estatuto da Confraria de Nossa senhora da Páz do Monte do Facho-Santa Catarina de São Julião do Calendário... [Manuscrito] / Extrato dos Estatutos das Confrarias do Sameiro e Bom Jesus do Monte de Braga aumentado e preparado por Vasco de Carvalho. – 26 Março de 1927. – [12] f. agrafadas ; 30 x 23 cm.
BMCCB/FL VC 2780


V.C. funda o grupo de Escuteiros de S. Paulo, na freguesia de Calendário.
26
Vasco César de Carvalho : fotografia de 1927.
In : 100 anos Reguladora : 1892-1992 / Miguel Dias Costa. – [V.N. Famalicão : Reguladora, ca. 1992]. – p. 73.
BMCCB/FL/AF 67 COS



1932
Vasco de Carvalho funda o Núcleo Senfilista Famalicense, incrementando a radiotelefonia e inscrevendo amadores da TSF do concelho, de modo a formarem o Rádio Club. Faz o levantamento dos radiófilos na vila e concelho.

Participa no I Congresso Nacional de Radiotelefonia, organizado pelo jornal “O Século”, em Lisboa.
29
[Ofício], 1932 Fevereiro 4, V.N.Famalicão / Augusto de Sousa Fernandes, Vasco de Carvalho... [et al.]. – 1 f. impressa ; 29 x 22 cm.
Folha danificada. – Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 2930


30
Programa do I Congresso Nacional de Radiotelefonia.../ por iniciativa do jornal “O Século”. – Lisboa : [s.n.], 1932 (Sociedade Nacional de Tipografia). – [4] f. ; 14 cm.
Notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 2932


31
Indicação de Radiofilos [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 1 f. pautada ; 30 x 20 cm.
BMCCB/FL VC 2933


Vasco de Carvalho membro da Comissão de Homenagem ao Padre Bernardo Pinto, onde participa com um discurso.

V.C. sócio da Sociedade de Propaganda de Portugal.


1934
Vasco de Carvalho organiza a Conferência de S.Vicente de Paulo (masculina).


1935
Vasco de Carvalho faz uma campanha contra a doença da raiva, nos jornais de V. N. Famalicão.

V.C. presta esclarecimentos à classe trabalhadora, quando em 1912 surgiu a lei dos Acidentes de Trabalho.

Vasco de Carvalho copia documentos existentes na secretaria da Câmara Municipal de V.N.Famalicão, do ano de 1835, referentes à fundação do concelho, que lhe servirão, mais tarde, para publicar o livro “A Justiça”.
35
Cópias de cópias existentes na Secretaria da Camara Municipal de V.N. Famalicão ano 1835 [Manuscrito] / copiado [por] Vasco de Carvalho. – 14 Abril 1935. – 11 f. pautadas ; 30 x 22 cm.
BMCCB/FL VC 44



1936
Vasco de Carvalho sócio benemérito da Liga dos Combatentes da Grande Guerra, delegação de V.N.Famalicão.
40
Relatório e contas da delegação de Vila Nova de Famalicão : desde a sua fundação 12/12/934 até 31/12/936 / Liga dos Combatentes da Grande Guerra. – Vila Nova de Famalicão : Grandes Atelieres Gráficos Minerva, 1937. – 15 p. ; 22 cm.
Exemplar encadernado com recorte de imprensa colado na contracapa.
BMCCB/FL/ AF VC 061 LIG


Vasco de Carvalho apresenta a bibliografia sobre V.N. Famalicão numa pequena brochura manuscrita, que consultou na Biblioteca Municipal do Porto e na sua biblioteca particular.
No seu espólio encontram-se as cópias de parte das obras consultadas que se referem a V.N.Famalicão. Possui também cópias de manuscritos existentes na Igreja do Louro do Padre João Pereira Gomes Rosa.
41
Enciclopedia Portuguesa Illustrada...[Manuscrito] / [copiado por Vasco de Carvalho]. – 21 Fevereiro 1936. – 5 f. dactilografadas e manuscritas ; 32 x 23 cm.
BMCCB/FL VC 2561


V.C. solicita à Secretaria Arquiepiscopal de Braga cópia dos “Registos dos Despachos de Colocação” dos párocos de Famalicão, desde 1845 à data.
Faz uma mapa que vai atualizando com informações que retira da imprensa local e através de correspondência trocada com os párocos.

Vasco de Carvalho faz o recenseamento do número de fábricas existentes no concelho, à data são 61, incluíndo as pequenas fábricas de tecidos com teares manuais. Faz, também, o levantamento de todas as escolas existentes, extintas, mistas, masculinas e femininas e número de crianças em idade escolar.

V.C. inquiriu os párocos das várias freguesias sobre como decorreu a Visita Pastoral do Arcebispo D. António Bento Martins Júnior.

V.C. animou e auxiliou o grupo desportivo Sporting Club de Famalicão (até 1937).
42
Ao Sporting Clube de Famalicão [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – [Anterior a 5 Dezembro 1936]. – [2] f. dactilografadas ; 30 x 21 cm.
Publicado no jornal “Notícias de Famalicão”, 5 Dezembro 1936.
BMCCB/FL VC 719



1937
Vasco de Carvalho é Presidente da Direção da Associação Comercial e Industrial de V. N. Famalicão (1937-1939).
Enquanto presidente solicitou ao Ministério da Instrução uma Escola Industrial e Comercial para V.N.Famalicão; visitou fábricas do concelho; encetou relações com industriais; foi membro da comissão para a criação da semana inglesa (1938); trabalhou em receções e conferências; debateu-se para que o Colégio D. Nuno (Caldinhas) ficasse em V.N.Famalicão; fez parte da Comissão organizadora da I Festa do Trabalho da Província do Minho (1 maio 1937); criou mais uma Feira Grande, no mês de julho. Elaborou três Relatórios de Atividades.
43
Festas de Setembro nos dias 29 e 30 por ocasião da Feira Anual de S. Miguel [Material gráfico]. – Famalicão : Tip. Centro de Novidades, 1937. – 1 cartaz ; 41 x 29 cm.
BMCCB/FL VC 1064


Vasco de Carvalho é membro da Comissão Organizadora de Fundos, em V.N.F., para constituir a Legião Portuguesa.
44
[Ofício], 1937 Setembro 9, Famalicão [a] Alfredo Rodrigues da Costa / Comissão [angariadora de fundos] Francisco Alves Correia d´Araújo, Vasco de Carvalho... [et al.]. – 1 f. impressa ; 33 x 22 cm.
Folha danificada. – Notas manuscritas de V.C. – Papel timbrado da Legião Portuguesa, distrito de Braga, concelho Famalicão.
BMCCB/FL VC 2769


V.C. propõe a construção de um hotel, quando presidente da Associação Comercial e Industrial, nos terrenos da casa de campo de D. Eugénia Gaspar, na esquina do terreno junto do jardim dos Paços do Concelho. V.C. deu indicações precisas ao arquiteto José Fernandes da Silva para apresentação deste estudo. Nunca conseguiu concretizar este projeto.
45
Hotel Fameleão ou Fameleão Hotel [Material gráfico] / Arquitecto Fernandes da Silva. – [1937?]. – 3 desenhos, a lápis ; 32 X 23 cm.
Pasta com desenhos colados em folhas : alçado principal, planta do rés-do-chão e planta do 1º andar. – Na primeira f. texto manuscrito.
BMCCB/FL VC 2871

V.C. ajuda monetariamente colónias de férias para crianças, filhos de soldados, quando se funda a secção da Liga dos Combatentes da Grande Guerra.

V.C. é condecorado com o grau de Oficial da Ordem de Mérito Agrícola e Industrial (Classe de Mérito Industrial), pela Chancelaria das Ordens Portuguesas.

Vasco de Carvalho faz o levantamento, no Verão, pagando a um apontador, de quantos automóveis, camionetas de carga, de passageiros, motos, sidecars e bicicletas, passaram durante um dia, no cruzamento Rua S.António - R. Adriano P. Basto - Campo Mouzinho. Repete o levantamento, no ano seguinte.
46
Bicicletas e automoveis [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 3 Agosto 1937. – 7 f. dactilografadas e manuscritas ; 31 x 22 cm.
BMCCB/FL VC 153



1938
Vasco de Carvalho obteve um louvor pela Câmara Municipal de V.N.F., pelos serviços prestados à edilidade, como 1º Vice-Presidente e depois como Presidente da Comissão Municipal de Assistência.

Realizaram-se, em 1937, as festas de homenagem e agradecimento da Câmara Municipal da Póvoa de Varzim a Braga, Barcelos, Guimarães e V.N. Famalicão.
A comitiva de V.N. Famalicão deslocou-se à Póvoa a 12 de setembro, encabeçada pelo Presidente Drº Francisco Alves, tendo Vasco de Carvalho como convidado para discursar.


1939
Vasco de Carvalho discursa na Festa do Trabalho (1ºMaio) em Delães, na sede do Sindicato – Secção dos Operários da Indústria Têxtil.

Vasco de Carvalho intervém na discussão pública sobre a construção de uma nova cadeia em V.N.F.
48
Cadeia Civil... não... / Vasco de Carvalho. – 21 Outubro 1939. - 1 recorte de imprensa ; 33 x 15 cm. - Recorte colado numa folha.
In : Notícias de Famalicão. – 21 Outubro 1939.
BMCCB/FL VC 2781


V.C. apresenta uma relação de prédios urbanos e rústicos, documento datado de 17 de julho. Os dados apresentados são relativos a dezembro de 1938 : total de prédios urbanos 8.924 e rústicos 37.548, no concelho.


1940
Vasco de Carvalho organiza as Festas Centenárias.

V.C. promove a construção de um pelourinho em V.N.F., pago pelos famalicenses no Brasil, industriais do concelho e autarquia, que por várias razões não se concretizou. Mandou fazer uma estampa com o pelourinho, projetado por um arquiteto, que distribui pelo Brasil e pelo concelho. A construção estaria integrada no plano das Comemorações Centenárias de 1940.
49
Pelourinho de Famalicão [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [Famalicão : s.n., 1937]. – 1 folheto : p.&b. ; 21 x 14 cm.
BMCCB/FL VC 2878


V.C. fornece elementos turísticos, sobre o concelho, ao Caminho de Ferro da Póvoa para divulgação na Exposição do Mundo Português, em Lisboa.
50
Elementos turisticos fornecidos ao Caminho de Ferro da Póvoa... [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 27 Maio 1940. – 1 f. dactilografada ; 31 x 21 cm.
BMCCB/FL VC 2578


Vasco de Carvalho manda copiar na Torre do Tombo e na Biblioteca Nacional documentos relacionados com a História Local: Chancelarias, o Julgado de Vermoim e o Dicionário Geográfico de P. Cardoso.
Na Biblioteca Municipal do Porto investiga e faz cópias de partes da obra Portugalliae Monumenta Historica.
V.C. manda copiar o Foral de 1205, de Sancho I, e refere que é o primeiro famalicense a ver o original, nos reservados do Arquivo Nacional da Torre do Tombo.
51
[Cópia da] Carta de fforo dum herdamento do campo de Coruilhy he no Julgado de vermuym [Manuscrito] / Chancelaria de D. Dinis, Livro 4, fol. 50. – [Copiado 1940-50?]. – 1 f. pautada ; 30 x 20 cm.
BMCCB/FL VC 462


“... o Foral de Vila Nova concedido em 1205 pelo Senhor rei D. Sancho I, dizia respeito a Vila Nova de Famalicão.
Vastas vezes em publicações – jornais e revistas – se tem referido este Foral mas sem conhecimento estudioso seu e sem nunca o terem visto...E deixe-se passar este pormenor. Ou seja, o estar crente ter sido eu o primeiro famalicense que, no seu original, o seu olhar poisou e o viu no esconderijo dos “Reservados”, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.”
Vasco de Carvalho
Velhos e novos tempos de Vila Nova.
In : Bazar das Letras das Ciências e das Artes. Suplemento literário de A Voz. – Série 29, nº 27 (26 Abril 1958), p. 3-4.
BMCCB/FL VC 2627


52
Foral de Villa Nova [Manuscrito] : (cópia textual do Volume Leges et Consuetudines (1º) do Portugaliae Monumenta Historica, pg 530 e 531). – [Copiado 1940-1950?]. – 4 f. dactilografadas ; 28 x 23 cm.
Foral de 1205, D.Sancho I.
BMCCB/FL VC 2490


Vasco de Carvalho corresponde-se com Joaquim Pereira Vilela para organização de um dossier sobre a passagem do Núncio Apostólico, na estação de Caminho de Ferro de V.N.F., Monsenhor Vicente Vanutelli, em 27 de julho de 1886.

V.C. prepara um dossier “Rua Direita”, apontamentos manuscritos, sobre a evolução da rua, edifícios, personalidades e factos.


1941
V.C. elabora um dossier, desde a década de 30, sobre cerca de trinta figuras populares do concelho, do século XIX e XX: a Marcada, Zé Pirôlho, Júlio Boa Vida, Mentideira Teresa, etc. Destaca-se a figura José de Araújo Carvalho, o “Travassos”, que publicou dezenas de manifestos, durante a década de 40, recolhidos e guardados por V.C.
54
499 [Material gráfico] / José de Araújo Carvalho de (Travassos). – Vila Nova de Famalicão : [edição de autor], 1941. – 1 folheto ; 100 x 14 cm.
BMCCB/FL VC 1838


Vasco de Carvalho é presidente da Conferência de S.Vicente de Paulo, na freguesia de Calendário, publica ao longo dos anos seis relatórios.

55
[Moinho no Rio Ave, Lugar dos Salgueirinhos, Delães] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [Ca. 1950]. – 1 fotografia : p.&b. ; 7 x 9 cm. – Notas manuscritas de V.C., no álbum, sobre esta fotografia.
In: Imagens famalicenses [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Fevereiro de 1956. – f. [3].
BMCCB/FL VC 6604


56
[Rio Ave, Lugar dos Salgueirinhos, Delães] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [Ca. 1950]. – 1 fotografia : p.&b. ; 7 x 9 cm. - Notas manuscritas de V.C., no álbum, sobre esta fotografia.
In: Imagens famalicenses [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Fevereiro de 1956. – f. [4 v.]
BMCCB/FL VC 6610



1942
Vasco de Carvalho é Presidente da Junta de Freguesia de Calendário até 1945. A Junta é constituída pelo secretário Cândido José de Miranda e Sousa e José Lopes da Silva, tesoureiro.
V.C. enquanto presidente da Junta, publica “Servindo Calendário : relatório da vigência do quadriénio de 1942 a 1945 da Junta de Freguesia de S. Julião de Calendário concelho de Vila Nova de Famalicão”. É considerado o primeiro relatório de uma junta de freguesia a ser publicado no país. Faz a história dos melhoramentos levados à freguesia, assim como o levantamento de problemas detetados e movimentos de dinheiro.
As obras que se destacam neste mandato são: a construção de um ossário, estudos para alargamento do cemitério, construção de duas escolas, publicação do “Taxas e regulamento do Cemitério Paroquial da freguesia de Calendário” (1943). Esta obra serviu de modelo para criação de regulamentos em autarquias como Santo Tirso, Braga, etc.
57
Edital [Material gráfico] / O Presidente da Junta de Freguesia de Calendário Vasco César de Carvalho. - 1945. – 1 folheto ; 30 x 21 cm. – Folheto colado no álbum.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 1º vol. : [Documentos de 1911-1958]. – f. 51.
BMCCB/FL VC 3258

V.C. sócio efetivo da Associação de Jornalistas e Homens de Letras, Porto.


1945
Vasco de Carvalho assiste à tomada de posse do novo Presidente da Câmara, Drº Álvaro Folhadela Marques, e subscreve o livro de tomada de posse.

V.C. prepara a publicação do livro “A Justiça” fotografando os locais e edifícios relacionados com o tema: antigas cadeias e edifícios.
63
[Edifício na Rua Direita] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 17 Janeiro 1945. – 1 fotografia : p.&b. ; 12 x 6 cm. – Publicada na capa do livro “A Justiça”. – Fotografia colada no álbum.
In : A Justiça [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Dezembro de 1947. - f. [4].
BMCCB/FL VC 5285


Vasco de Carvalho mantém um copiador na Torre do Tombo para copiar documentos relacionados com o concelho.
64
[Cópia do Foral de Vila Nova de Famalicão, D.Maria II, 1841] [Manuscrito]. - Copiado Abril 1945. – [4] f. pautadas ; 31 x 20 cm.
Foral copiado do Livro 14 de Registo de Mercês de D. Maria II, folha 227 verso, no Arquivo Nacional da Torre do Tombo.
BMCCB/FL VC 604



1946
Vasco de Carvalho é sócio efetivo da Sociedade Martins Sarmento, Guimarães.

O Padre Manuel Faria oferece a Vasco de Carvalho partituras musicais da sua autoria, prova da amizade que perdurará no tempo.
67
Salve, Rainha Imortal! [Material gráfico] / Letra do P. Joaquim Alves, Música do P. Manuel Faria. – Braga : Editora Educação Nacional, 1946. – 1 folheto com partitura musical ; 23 x 14 cm.
Na capa dedicatória a Vasco de Carvalho.
BMCCB/FL/AL VC 783 FAR



1947
Vasco de Carvalho é Vice-Presidente da Comissão Municipal de Assistência, sendo Presidente Álvaro F. Marques.

Vasco de Carvalho torna-se “Irmão Benemérito” da Santa Casa da Misericórdia de Vila Nova de Famalicão.

V.C. é sócio correspondente do Instituto de Coimbra.


1948
Vasco de Carvalho mentor da homenagem póstuma ao poeta Júlio Brandão, faz parte da Comissão executiva, sob a presidência do Presidente da Câmara, com personalidades locais amigas do poeta que pretendem erguer uma Memória , numa praça de V.N.Famalicão, com a participação da Casa da Imprensa e do Livro (Porto). Só em 1950 é possível a inauguração do monumento e de uma Homenagem na Câmara Municipal.

V.C. é sócio do Instituto Histórico da Ilha Terceira, Angra do Heroísmo.


1949
Vasco de Carvalho recebe, anualmente até 1961, o Relatório do Externato Camilo Castelo Branco.
76
Relatório do ano lectivo de 1948-1949 / Colégio Camilo Castelo Branco. – Famalicão : Ti. Minerva, 1949. – [16] p. ; 19 cm.
Na capa assinatura de V.C.
BMCCB/FL VC 37 EXT

V.C. promove uma manifestação de apoio ao Presidente da Câmara Municipal Drº Álvaro Folhadela Marques, com os Presidentes de Junta de S. Tiago de Antas, Avidos e Gondifelos e restantes juntas de freguesia.

V.C. é sócio correspondente da Associação dos Arqueólogos Portugueses – Secção de História.

Joaquim Alves de Moniz copiou e oferece a V.C. uma cópia autenticada dos Estatutos da Venerável Ordem Terceira de Famalicão de 1797.
77
Cópia autenticada extraída dos Estatutos da Veneravel Ordem Terceira de Famalicão [Manuscrito] : Convento do Bom Jesus da Franq.ª dous de Janeiro de 1797 / pelo copista Joaquim Alves Moreira, actual residente em Lourêdo Calendário... – Agosto 1948. – 14 f. pautadas ; 31 x 22 cm.
Na capa notas manuscritas de V.C.
BMCCB/FL VC 2783



1950
Vasco de Carvalho é louvado pela Câmara Municipal, por serviços prestados como Presidente substituto (aquando do falecimento do presidente) na organização da 1ª Comissão Municipal de Assistência.


1952
Vasco de Carvalho sócio efetivo da Sociedade de Geografia de Lisboa.


1954
Vasco de Carvalho esteve presente no Congresso Mariano, em Braga, e relata as cerimónias e a Exposição Mariana, que visitou em 5 de julho, no livro que publicará com o título “Representação Mariana”. Na exposição de Arte Sacra, comemorativa do Congresso, fotografa as imagens religiosas que pertencem às paróquias de Famalicão.
87
[Ex-voto Milagre de Nossa Senhora da Conceição, de S.Tiago d´Antas] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [1954]. – 1 fotografia : p.&b. ; 9 x 7 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Representação Mariana [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Maio de 1956-Janeiro 1957. - f. [3 v.].
BMCCB/FL VC 6821


88
[Escultura em madeira de Santa Ana e Nossa Senhora, da Igreja Matriz, V.N. Famalicão] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – [1954]. – 1 fotografia : p.&b. ; 10 x 7 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Representação Mariana [Álbum] / Vasco de Carvalho. – Maio de 1956-Janeiro 1957. - f. [2 v.].
BMCCB/FL VC 6805



1955
Por sua iniciativa, Vasco de Carvalho levou a que o Presidente da Câmara, Drº Álvaro F. Marques, autorizasse a transladação, dos restos mortais do Barão da Trovisqueira, do cemitério de Calendário para o de Famalicão.
91
[Apontamento de Armindo Coveiro para Vasco de Carvalho] [Manuscrito]. – 1955. – 1 f. pautada ; 16 x 11 cm.
Notas manuscritas de Vasco de Carvalho. – Apontamento que informa V.C. do custo do serviço de cemitério relativo à transladação dos restos mortais do Barão da Trovisqueira.
BMCCB/FL VC 3008


Vasco de Carvalho organiza um álbum “Fotografias de igrejas... concelho de V.N. Famalicão [Álbum]”. Iniciou as visitas às freguesias em janeiro e fevereiro recenseando e fotografando os edifícios, monumentos e arte religiosa (imagens, quadros, paramentos, confrarias, casas anexas, cemitérios, alminhas, etc.).
93
[Listagem de freguesias de V.N. Famalicão com anotações de V.C.] [Manuscrito] / Vasco de Carvalho. – 1955. – [102] f. pautadas ; 27 x 21 cm.
Folhas soltas sem encadernação. - A listagem indica se a freguesia foi visitada e se já se encontra pronto o recenseamento.
BMCCB/FL VC 101


94
Arnoso S. Eulália templo velho [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 14 Fevereiro 1955. – 1 fotografia : p.&b. ; 10 x 7 cm. - Fotografia colada em papel com notas de V.C. : “Também chamada Capela de Santo Amaro”. – Fotografia colada no álbum.
In : Fotografias de igrejas concelho de V.N. Famalicão [Álbum] : fotos de igrejas, cemitérios, cruzeiros, alminhas / Vasco de Carvalho. – [Post. 1958]. – p. 46.
BMCCB/FL VC 10205


95
[Capela de S. Bento em S.Cosme do Vale] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 11 Maio 1955. – 1 fotografia : p.&b. ; 13 x 9 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Fotografias de igrejas concelho de V.N. Famalicão [Álbum] : fotos de igrejas, cemitérios, cruzeiros, alminhas / Vasco de Carvalho. – [Post.1958]. – p. 128.
BMCCB/FL VC 10373


96
Alminhas de N. Senhora do Amparo (estrada de Braga), Arnoso Santa Maria [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 4 Março 1955. – 1 fotografia : p.&b. ; 17 x 10 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Fotografias de igrejas concelho de V.N. Famalicão [Álbum] : fotos de igrejas, cemitérios, cruzeiros, alminhas / Vasco de Carvalho. – [Post. 1958]. – p. 47.
BMCCB/FL VC 10212

97
[Capela de S. Gonçalo, Cavalões] [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 22 Maio 1957. – 1 fotografia : p.&b. ; 10 x 17 cm. – Fotografia colada no álbum.- Notas manuscritas de V.C. junto da fotografia : “Teve um incêndio na madrugada de 25 Abril de 1942...”.
In : Fotografias de igrejas concelho de V.N. Famalicão [Álbum] : fotos de igrejas, cemitérios, cruzeiros, alminhas / Vasco de Carvalho. – [Post. 1958]. – p. 64.
BMCCB/FL VC 10244

98
Capela de Santo Adrião [Material gráfico] / Vasco de Carvalho. – 9 Novembro 1958. – 1 fotografia : p.&b. ; 7 x 10 cm. – Fotografia colada no álbum.
In : Fotografias de igrejas concelho de V.N. Famalicão [Álbum] : fotos de igrejas, cemitérios, cruzeiros, alminhas / Vasco de Carvalho. – [Post. 1958]. – p. 136.
BMCCB/FL VC 10383


Agostinho da Costa Ilharco, escrivão reformado, oferece a Vasco de Carvalho, uma cópia do “Inventário orfanológico que se procedeu por óbito de Manuel Pinheiro Alves e em que é inventariante a Srª Ana Augusta Plácido...”.
V.C. guarda-o num álbum junto com outros documentos relacionados com Camilo Castelo Branco, assim como cartas trocadas com o advogado António Pinheiro Torres, do Secretariado Nacional de Informação e Cultura Popular e Turismo, que pretendia recolher e adquirir os imóveis da casa de Camilo, para abertura de uma casa-museu. V.C. foi uma ajuda imprescindível na reconstrução da casa de Camilo.

V.C. solicita ao Sargento Augusto Pinheiro da Silva, adjunto da delegação da Liga dos Combatentes da Grande Guerra em Famalicão, uma lista de famalicenses que combateram na 1ª Guerra Mundial.

V.C. recolhe, num álbum, cópias de actas de reuniões de Câmara, publicadas na imprensa, de 1955, sendo Presidente Dº Álvaro Folhadela Marques, a 1961, sob a presidência do Engº José Pinto de Oliveira.


1956
Vasco de Carvalho investiga, na imprensa famalicense, a existência de festas, romarias, festividades e procissões no concelho, ocorridas neste ano, e organiza um álbum com a documentação recolhida.
99
São Miguel-o-Anjo [Material gráfico] : que se venera na capelinha, no monte do mesmo nome, na Freguesia de Calendário. – Famalicão : Centro Gráfico, [1956]. – 1 estampa : col. ; 29 x 22 cm.
Notas manuscritas de V.C. : “A imagem da Capela é de S. Miguel Arcanjo. E como o S. Miguel-o-anjo é que é o Padroeiro, compraram uma estampa e por ela fizeram esta. A Festa realizou-se no dia 7 de Outubro 1956”.
BMCCB/FL VC 2670


V.C. faz uma cópia do Registo dos Livros de Actas da Câmara Municipal de Famalicão que se salvaram dos incêndios do edifício municipal e do edifício das Escolas oficiais.
100
Registo de Livros das Actas da Câmara Municipal de Famalicão [Manuscrito] / Cópia por Vasco [Carvalho]. – Março - Abril 1956. – 16 p. ; 33 x 22 cm.
BMCCB/FL VC 42


Vasco de Carvalho sócio correspondente do Instituto Português de Arqueologia.

O Padre Benjamim Salgado oferece a Vasco de Carvalho oito peças musicais de sua autoria, para voz e orgão, compostos e editados entre 1946 e 1956.
101
Peregrina do Milagre / versos de A. Correia de Oliveira ; música de P. Benjamim Salgado. – Braga : edição de autor, 1950. – 1 partitura musical , 2 f. ; 33 x 22 cm.
Na capa nota manuscrita de V.C. “29/1/1956”.
BMCCB/FL VC 78 SAL


V.C. apresenta uma resenha histórica da associação Clube dos Caçadores de V.N.F., desde 1896, ano da aprovação dos estatutos, até à atualidade.


1957
Vasco de Carvalho sócio efetivo do Convivium de Escritores e Artistas, Braga.

V.C. sócio dos Amigos de Olivença, Lisboa.


1958
Vasco de Carvalho proferiu a conferência “Velhos e novos tempos de Vila Nova”, nas Jornadas Culturais, promovidas pelo Ateneu Comercial e Industrial.
As Jornadas terminaram com uma visita à Casa de Camilo, para homenagear o escritor, no 132º aniversário do seu nascimento. A Câmara, juntamento com o SNI, terminaram o restauro, repondo a traça primitiva na casa, e adquirindo utensílios e objetos do escritor.
Nesta cerimónia, o Verador da Cultura, Drº Machado Ruivo, informou sobre a intenção da Câmara iniciar um movimento de Bibliotecas itinerantes no concelho.
104
Jornadas Culturais do Ateneu Comercial e Industrial de Vila Nova de Famalicão [Material gráfico] : nos dias 14, 15 e 16 de Março de 1958. – [S.l. : s.n.], 1958. – 1 programa, 2 f. ; 22 x 16 cm.
BMCCB/FL VC 3649


105
[Vasco de Carvalho na Casa de Camilo, Seide] [Material gráfico]. – 1958. – 1 fotografia : p.&b. ; 12 x 17 cm. – Fotografia colada no álbum. - Visita à Casa de Camilo nas Jornadas Culturais do Ateneu Comercial e Industrial.
In : Informações da nossa terra (Famalicão) [Álbum] / Vasco de Carvalho. – [1937-1961]. - 2º vol : [Documentos de 1895-1959]. – p. 77.
BMCCB/FL VC 3659


Enquanto vice-Presidente da Comissão Municipal de Assistência, V.C. torna público a entrega do dinheiro à Mesa da Santa Casa da Misericórdia, fruto do “Cortejo das Oferendas” realizado em 1947, e só entregue após a compra do aparelho de Raios-X, 11 anos após.

V.C. foi convidado, ao longo dos anos, para Vereador, função que nunca aceitou, pelo facto da existir um contrato público entre a sua empresa e a autarquia. Quando o contrato terminou, foi convidado para o lugar de Presidente da Câmara, que também não aceitou.


1960
Vasco de Carvalho foi homenageado por cerca de 150 conterrâneos, alguns do Porto e pelo Jornal Estrela da Manhã, no Restaurante Pica-Pau, a 17 de dezembro, tendo recebido da Câmara Municipal a Medalha de Oiro de Reconhecimento Municipal. Estiveram presentes o Presidente da Câmara, Engº José Pinto de Oliveira, o Vereador da Cultura, Padre Benjamim Salgado, e outros que também participaram com discursos, o escritor Manuel Boaventura, o Monsenhor José Ferreira, os jornalistas José Casimiro da Silva, Jerónimo de Castro, Rebelo Mesquita, Laurentino Melo, Hilário Carvalho e muitas outras personalidades.
117
Vasco de Carvalho recebe hoje a consagração do Concelho pela sua actividade de historiador das cousas locais, numa festa promovida pelos seus conterrâneos no Porto e pelo Nosso Jornal. – Primeira página do jornal. – Todo o jornal é dedicado à personalidade de V.C.
In : Estrela da Manhã. – Ano I, nº 37 (17 Dezembro 1960), p. 1
BMCCB/FL VC 4080


V.C. conclui o processo de transladação dos restos mortais do Barão da Trovisqueira, para um terreno cedido gratuitamente pela Câmara Municipal, com a autorização de Leopoldo Álvaro da Cruz Trovisqueira, neto do Barão.

As Festas Antoninas são analisadas, por V.C., através da imprensa famalicense.


1961
A última notícia da imprensa famalicense que Vasco de Carvalho realça, no último álbum em que está a trabalhar, no 3º vol. “Informações da nossa terra (Famalicão), é sobre a inauguração da luz elétrica em Fradelos, 29 de outubro, do jornal “Estrela da Manhã”.

Vasco de Carvalho faleceu a 8 de novembro, na sua casa de Santa Maria, em Louredo, Calendário.
Encontrava-se na Nunciatura o processo para o tornar Cavaleiro do Santo Sepulcro.
Agenda
Pesquisa
Subscrever Newsletter
topo
Copyright © 2008 | Biblioteca Municipal Camilo Castelo Branco - Município de Vila Nova de Famalicão. Todos os direitos reservados. | handmade by brainhouse